09
ago
04

Cosplay, Tokusatsu, Fandub: o que isto tem a ver com Igor C. Barros?

Eu gostaria de apresentar para o meu público umas coisas interessantes que eu descobri sobre o meio dos fãs de séries (tokusatsu) e desenhos animados (anime) japoneses.

Aquele espírito de “faça você mesmo” que inspira a criação de tantas bandas de heavy metal está presente com muito mais força no meio dos fãs dessas produções japonesas. Porque eu digo isso?

Primeiro: Existem séries caseiras de tokusatsu sendo produzidas no Brasil. É o caso dos Blast Rangers e dos Fightmen, a primeira do gênero já com efeitos especiais de computador, desses que eu, o Rafinha e a Popa Filmes fazemos na maior…

Segundo: Sabe aquelas fantasias de personagens, bem ao estilo Walt Disney World? Tem uma galera fazendo e acontecendo, produzindo fantasias de personagens de manga e anime, é o chamado cosplay, que há muito acontece no exterior e já vem conquistando o Brasil. Em eventos que reunem fãs de animes, os caras saem por conta própria (isso que eu acho mais incrível) interpretando os personagens dos quais se vestem por aí. O resultado, se tudo der certo, é muita diversão, de ambas as partes.

E detalhe, cosplay é mais do que uma simples ‘festa a fantasia’, tem gente fazendo umas coisas caprichadíssimas, talvez com qualidade para competir com algumas produções originais.


Você fica por dentro deste universo pela
Cosplay Party e pela Arquivo Cosplay.

[EDIT: Este post é velho pra dedel, é de 2004! Os sites acima se uniram e se tornaram a Cosplay Brasil, o maior site sobre o assunto da Internet, alguns campeõs de concursos de cosplay estão entre os frequentadores deste site.]


E o que eu tenho a ver com isso? Bem, aos 11 anos eu tentei fazer uma roupa do Jaspion, de papelão, que ficou, para ser bem ameno, uma @#$%. Aí depois, aos 18 anos, eu “criei”, só de zoeira, um super sentai pras minhas produções de vídeo, os
Dainorangers. O esquadrão só tinha um único integrante, que, mais uma vez, usava uma máscara de papelão com qualidade equivalente a daquela “roupa” do Jaspion – que nem chegava aos pés da roupa de tecido do personagem, usada para o dublê poder dar cambalhotas e lutar mais facilmente.

Enfim, gostaria de fazer algo assim, mas nunca fui bom, então palmas pra essa galera aí. E algum dia, quando eu tiver a minha própria produtora de vídeo, eu gostaria de fazer esses lances aí de produzir tokusatsus brasileiros, seria bem interessante. Isso se Hermes e Renato não chegarem primeiro…

VERSÃO BRASILEIRA, É NÓIS!

Mas tem mais: o fandub! Alguns fãs de animes que tem acesso aos mesmos em inglês ou espanhol, ou mesmo em japonês (embora eu ache meio improvável) também realizam dublagens amadoras apenas para arquivamento pessoal ou exibição gratuita, sem ferir as leis de direito autoral
[EDIT: Com o surgimento do YouTube, essa arte está sendo severamente combatida, infelizmente. A solução é dar um passo atrás – voltar ao vídeo “offline” – pra quem sabe algum dia, dar dois à frente.]
E aparentemente a galera sabe dar uma adaptada nos textos – só não sei se eles sabem imitar aquele ritmo característico das dublagens em português (vá no site do Café com Bobagem e ouça os áudios do 1406 e do Poli Golpes, onde o pessoal do Café imita dubladores, pra você entender do que eu estou falando.)

Existem alguns softwares, como o Vegas e o Cakewalk 9, que permitem a gravação direta de som sincronizado com imagens, no caso do Vegas o áudio é gravado no próprio arquivo, já no CW, com mais recursos e qualidade, você tem que juntar o WAV com as imagens em algum programa como o Premiere.

Na verdade, ninguém usa o Cakewalk pra isso, é eu que estou querendo fazer algo nesse sentido, assim que eu trocar a minha horrenda placa de som onboard. Já ‘dublei’ de brincadeira há alguns anos atrás cenas de Tiny Toon e algumas imagens de Power Rangers (esses merecem MESMO) e Kamen Rider Black RX (180 vezes melhor do que o Masked Rider!), só que só no, digamos, analógico. Usando HD, você se aproxima do método utilizado atualmente, no qual um dublador grava de cada vez, e é possível uma mesma pessoa falar ‘ao mesmo tempo’… Que cosas, no?…

That’s all, Volks!

Anúncios

0 Responses to “Cosplay, Tokusatsu, Fandub: o que isto tem a ver com Igor C. Barros?”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


VOCÊ CONHECE A FITA VHS “AS GAFES DA GLOBO EM 84”?

Conhece? Tem? Sabe quem tem? Já viu? Clique aqui.

Igor C. Barros Cartoons, o Blog

Feliz 2013! Este é o nosso blog secundário, porquê atendemos atualmente no Tumblr. Só que a compra do Tumblr pelo Yahoo! fez muita gente espontaneamente criar blogs da Wordpress. Seja como for, este blog está semi-de volta, só que diferente, despolitizado, mais maduro, mais velho, mais gordo, com menos cabelos, MAS com os mesmos sonhos:
"Fazer séries de desenho animado em grandes pólos produtores (EUA, Canadá, Japão, Filipinas, México) para que elas, com a máxima qualidade, possam também estar no Brasil, misturando-se às séries que vem do exterior, sem submeter-se aos ditames que regeriam o roteiro de um produto 100% nacional."
"Produzir músicas e/ou podcasts com qualidade equivalente a dos grandes estúdios para download ou streaming na Internet."

A Salt Cover? Desde 2010 ela é composta de mais pessoas além de mim, e atende em www.saltcover.com.br! Está sendo um tanto maltratada pelos nossos trabalhos na vida real, que sustentam o leitinho das crianças, mas está aí, e não morre quem peleia!

Crianças, que dia é hoje? 5:60!

agosto 2004
D S T Q Q S S
« jul   set »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos Mort… digo, vivos (afinal, estamos na Wordpress)

As últimas do Twitter

Tá com dinheiro sobrando?

Sabe uma coisa que você pode fazer com ele? Doar para o Criança Esperança. Não é piada: pela Internet, você pode doar 24 horas e 365 dias por ano!!! E sem o Aragão te enchendo os pacovás! Duvida? Clique aqui!!

Este blog não é o seu genro, mas é bem visitado

  • 202,410 pessoas nos visitaram e filaram a bóia

ATENÇÃO À DATA DA POSTAGEM

Este blog tem textos escritos desde 2004, e muitos dos links deles ou até mesmo suas informações podem não ser mais válidas.
Eu sei que infelizmente você veio aqui justamente por causa disso, é o Gôógle que é sem noção mesmo. Aproveite que você está aqui, clique no banner lá em cima e veja os posts mais recentes!

Só pra constar, viu

Agora aqui na WP, na página Míusiqui, as músicas que embalaram uma geração, pra você e todo mundo cantar junto! Essas e muitas outras você só ouve na Rádio Salt Cover, mesmo porquê a rádio clandestina da sua quebrada tem um nome a zelar.
Em breve, confira também o nosso perfil no DeviantArt, onde você finalmente vai entender porquê este blog se chama Igor C. Barros Cartoons...

%d blogueiros gostam disto: