07
nov
05

A animação é a saída!

Em 2005, o SBT exibiu no “Sábado Animado”, de manhã, um longa-metragem animado bem feito pra caramba… mas com um curioso detalhe: as músicas da trilha sonora eram cantadas em espanhol.
Deixei gravando e fui conferir os créditos, e descobri, com um certo espanto, que se tratava de uma produção argentina! Estava assistindo ao longa Los Pintin al Rescate, de Franco Bittolo. Não sei qual o nome que a produção ganhou em português. Mas era uma coisa sensacional de bem feito. (EDIT: O Resgate de Luna)

Também no SBT, Dibu apareceu em dois longas também realizados naquele país – a diferença é que Dibu é um “toon”, à la Roger Rabbit, e contracena com seres humanos. E mais uma vez, ele é que nem o pessoal do Los Pintín, você bate o olho e não imagina que ele é argentino. Aparentemente o personagem agradou: Dibu 1 e 2 foram exibidos pelo SBT, e na Argentina acaba de estrear Dibu 3, La Gran Aventura – aliás, para desespero dos mais puristas, neste longa o personagem contracena tanto com atores de verdade quanto com personagens criados por computação gráfica, o calo no sapato dos animadores.
Dibu e Los Pintin são produções da Patagonik Film Group, com o apoio da Telefé – isso mesmo, a (ir)responsável pelas (argh) Chiquititas. Só soube disso ao procurar pelo assunto e chegar ao site do Dibu 3.
Dibu, na verdade, protagoniza uma série produzida entre 1996 e 1998 com mais de 100 episódios, e que foi um tremendo sucesso, o que ocasionou também o sucesso dos longas. (Pra você ter uma idéia do que isso significa, Animaniacs teve 99 episódios. Mas tudo bem: Doraemon começou em 1978 e está aí até hoje…)
Não sabemos se a série ainda é produzida, mas ela já está sendo exibida também no exterior, em mais de 35 países, segundo o site oficial. Menos en el Bracíl, e claro. Aliás, gente, taí uma boa sugestão: Dibu como o primeiro desenho animado a ser exibido pela RedeTV!, não seria nada mal. Bem melhor do que certos programas que eles inventaram ultimamente.

A TV Cultura pensa em apoiar a produção de desenhos animados – ainda que importada da China, onde são feitas algumas das séries de TV que passam no Canadá e Estados Unidos. Já não era sem tempo. Coréia do Sul e Filipinas também são o lar de outras séries que entretêem os Estados Unidos, e poderiam muito bem ser bases de produção de criações nacionais. Inclusive uma tal Rosalyn…

A televisão brasileira perde muito ao não pensar em animação. Novelas? Deixa a Globo fazer as três, e o SBT dublar as quatro ou cinco deles. Animação é a palavra, algo que podia dar uma renovada sensacional na cansada TV brasileira. Anabel e Turma da Mõnica já estão aí, mas… sucesso, só mesmo de personagens importados e publicidade. O Brasil ainda espera aquela que será sua primeira série de animação de sucesso.

E ela ainda virá. Antes que a Globo faça a sua primeira novela protagonizada por cães ou coisa assim…

Anúncios

1 Response to “A animação é a saída!”


  1. 1 Marcelo Lima
    9 de dezembro de 2005 às 3:22 pm

    Eu tb vi esse filme dos Pintins. Aqui recebeu o nome de O Resgate de Luna! Gostei bastante! Estou postando no meu blog somente agora o comentário (demorei muito com ele parado, he, he)… Dê uma olhada!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


VOCÊ CONHECE A FITA VHS “AS GAFES DA GLOBO EM 84”?

Conhece? Tem? Sabe quem tem? Já viu? Clique aqui.

Igor C. Barros Cartoons, o Blog

Feliz 2013! Este é o nosso blog secundário, porquê atendemos atualmente no Tumblr. Só que a compra do Tumblr pelo Yahoo! fez muita gente espontaneamente criar blogs da Wordpress. Seja como for, este blog está semi-de volta, só que diferente, despolitizado, mais maduro, mais velho, mais gordo, com menos cabelos, MAS com os mesmos sonhos:
"Fazer séries de desenho animado em grandes pólos produtores (EUA, Canadá, Japão, Filipinas, México) para que elas, com a máxima qualidade, possam também estar no Brasil, misturando-se às séries que vem do exterior, sem submeter-se aos ditames que regeriam o roteiro de um produto 100% nacional."
"Produzir músicas e/ou podcasts com qualidade equivalente a dos grandes estúdios para download ou streaming na Internet."

A Salt Cover? Desde 2010 ela é composta de mais pessoas além de mim, e atende em www.saltcover.com.br! Está sendo um tanto maltratada pelos nossos trabalhos na vida real, que sustentam o leitinho das crianças, mas está aí, e não morre quem peleia!

Crianças, que dia é hoje? 5:60!

novembro 2005
D S T Q Q S S
« out   dez »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos Mort… digo, vivos (afinal, estamos na Wordpress)

As últimas do Twitter

Tá com dinheiro sobrando?

Sabe uma coisa que você pode fazer com ele? Doar para o Criança Esperança. Não é piada: pela Internet, você pode doar 24 horas e 365 dias por ano!!! E sem o Aragão te enchendo os pacovás! Duvida? Clique aqui!!

Este blog não é o seu genro, mas é bem visitado

  • 201,744 pessoas nos visitaram e filaram a bóia

ATENÇÃO À DATA DA POSTAGEM

Este blog tem textos escritos desde 2004, e muitos dos links deles ou até mesmo suas informações podem não ser mais válidas.
Eu sei que infelizmente você veio aqui justamente por causa disso, é o Gôógle que é sem noção mesmo. Aproveite que você está aqui, clique no banner lá em cima e veja os posts mais recentes!

Só pra constar, viu

Agora aqui na WP, na página Míusiqui, as músicas que embalaram uma geração, pra você e todo mundo cantar junto! Essas e muitas outras você só ouve na Rádio Salt Cover, mesmo porquê a rádio clandestina da sua quebrada tem um nome a zelar.
Em breve, confira também o nosso perfil no DeviantArt, onde você finalmente vai entender porquê este blog se chama Igor C. Barros Cartoons...

%d blogueiros gostam disto: