28
fev
06

Acredite se quiser: "Ruas de Fogo" infantil

Falagarotofalagarota, está no ar o Pro Gra Ma Li VRÊ!!!
Quem se lembra dessa época sabe que quando Serginho Groisman entrava no palco, era sempre ao som de uma música extremamente animada. “Nowhere Fast”, do grupo Fire, Inc., era o tema do filme Ruas de Fogo, de 1986. Uma música que faz todo mundo dançar muito mais do que qualquer axé que tenha por aí, eu agarântio. E curiosamente, o instrumento predominante da música é piano. Pra mim, o piano foi inventado pra isso…
Assim como os estudantes de guitarra tocam a famosa sequência inicial de “Smoke in the water” (do Deep Purple), não sei se os estudantes de baixo elétrico tocam o começo de “Nowhere Fast”…

Na verdade, o Fire, Inc. em si não tem nada: a alma do grupo, pelo visto, era o produtor Jim Steinman, quentambém produziu as músicas de Meat Loaf (só conheço de vista) e Bonnie Tyler – Tire tracks and broken hearts segue a mesma linha de Nowhere Fast, poderia até ser trilha sonora de uma eventual continuação de Ruas de Fogo.
Mas aonde eu quero chegar? É que eu encontrei isto no P2P da vida: a banda infantil Os Abelhudos (carinhosamente chamada por mim de Os Esquecidos) regravou o tema de Ruas de Fogo com… prepare-se… a letra a seguir, que inclusive tem alguns trechos que não dá pra entender. Aliás, se você tiver o MP3 dessa música, experimente cantarolar isso junto com o original.

Sempre fui assim, um tipo bem educado, uma pessoa fácil de se gostar
Sempre via as coisas pretas, mas só ca dessa feita (?) esperei um dia tudo mudar
Nunca entendi porquê ninguém é culpado nas histórias que eu ouço contar
Se a gente aprende essas coisas, então mais tarde, deixa tudo assim como está.
Ou eu tô louco ou falta pouco pro sufoco ser geral
Ou a gente dá um jeito, ou viramos marginal
(sic)
Já cansei de ver bandido vir batido, se dar bem
Ser manchete de jornal, como alguém que não faz mal.
Vou acender o mundo com meu fogo
Pois se a justiça é cega ou mandona é um jogo
Brincar com fogo eu sei que é perigoso
Mas quero um dia enfim viver em paz de novo
Foi assim, grito até o fim, quem me vê,(?) me vê queimar
Fogo, fogo

Jesus um dia disse, com certeza
“Vinde à mim as criancinhas”, que beleza
No reino dele eu sei que eu tô feito
Mas aqui também eu quero meu direito
Daqui pra frente vai ser do meu jeito
E quem quiser, pode me acompanhar
Ruas de fogo, que queimou (sic) em meu peito
Nem bombeiro pode apagar
Nem bombeiro pode apagar… (repete)

Gente do céu, uma das versões mais forçadas que eu já ouvi na minha vida. Apesar de ter algo a ver com a letra original, que fala sobre se quebrar o tédio. Poderia estar no disco da Gizele… O pior é o final, quando eles só cantam “ô ô ô”, os backing vocals engatam um “Meninos Cantores de Viena” completamente sinistro. Será que é por isso que o Balão Mágico e o Trem da Alegria estão aí até hoje no P2P e eles não? De repente o problema foi esse, de não ter um nome que evocasse meios de transporte…

Anúncios

3 Responses to “Acredite se quiser: "Ruas de Fogo" infantil”


  1. 1 Gabriela Iscariotes
    30 de agosto de 2006 às 12:32 am

    Nunca acreditei que iria escutar essa pérola de novo! Sim, eu tive um Lp desse pessoal, e confesso que saía dançando toda feliz.

    Até hoje me lembro da letra, então aí vão algumas correções (que até ajudam alguns trechos a fazerem algum sentido):

    “mas só ca dessa feita” = “mas com a cabeça feita”
    “Pois se a justiça é cega ou mandona é um jogo” = “pois se a justiça é cega eu mudo, eu melo o jogo”
    “Foi assim, grito até o fim, quem me vê,(?) me vê queimar” = “E assim, grito até o fim, queime, queime, quem queimar”
    “Ruas de fogo, que queimou (sic) em meu peito” = “Ruas de fogo, que queimam em meu peito”

  2. 2 Igor Rodrigues
    14 de dezembro de 2009 às 4:11 pm

    Eu também não ficava por baixo Gaby e curtia muito esse som dos Abelhudos, quando era criança…
    Bons tempos!!!

  3. 3 Igor Rodrigues
    14 de dezembro de 2009 às 4:13 pm

    Eu também curtia muito o som dos Abelhudos, quando era criança…
    Bons tempos!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


VOCÊ CONHECE A FITA VHS “AS GAFES DA GLOBO EM 84”?

Conhece? Tem? Sabe quem tem? Já viu? Clique aqui.

Igor C. Barros Cartoons, o Blog

Feliz 2013! Este é o nosso blog secundário, porquê atendemos atualmente no Tumblr. Só que a compra do Tumblr pelo Yahoo! fez muita gente espontaneamente criar blogs da Wordpress. Seja como for, este blog está semi-de volta, só que diferente, despolitizado, mais maduro, mais velho, mais gordo, com menos cabelos, MAS com os mesmos sonhos:
"Fazer séries de desenho animado em grandes pólos produtores (EUA, Canadá, Japão, Filipinas, México) para que elas, com a máxima qualidade, possam também estar no Brasil, misturando-se às séries que vem do exterior, sem submeter-se aos ditames que regeriam o roteiro de um produto 100% nacional."
"Produzir músicas e/ou podcasts com qualidade equivalente a dos grandes estúdios para download ou streaming na Internet."

A Salt Cover? Desde 2010 ela é composta de mais pessoas além de mim, e atende em www.saltcover.com.br! Está sendo um tanto maltratada pelos nossos trabalhos na vida real, que sustentam o leitinho das crianças, mas está aí, e não morre quem peleia!

Crianças, que dia é hoje? 5:60!

fevereiro 2006
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728  

Arquivos Mort… digo, vivos (afinal, estamos na Wordpress)

As últimas do Twitter

Tá com dinheiro sobrando?

Sabe uma coisa que você pode fazer com ele? Doar para o Criança Esperança. Não é piada: pela Internet, você pode doar 24 horas e 365 dias por ano!!! E sem o Aragão te enchendo os pacovás! Duvida? Clique aqui!!

Este blog não é o seu genro, mas é bem visitado

  • 200,642 pessoas nos visitaram e filaram a bóia

ATENÇÃO À DATA DA POSTAGEM

Este blog tem textos escritos desde 2004, e muitos dos links deles ou até mesmo suas informações podem não ser mais válidas.
Eu sei que infelizmente você veio aqui justamente por causa disso, é o Gôógle que é sem noção mesmo. Aproveite que você está aqui, clique no banner lá em cima e veja os posts mais recentes!

Só pra constar, viu

Agora aqui na WP, na página Míusiqui, as músicas que embalaram uma geração, pra você e todo mundo cantar junto! Essas e muitas outras você só ouve na Rádio Salt Cover, mesmo porquê a rádio clandestina da sua quebrada tem um nome a zelar.
Em breve, confira também o nosso perfil no DeviantArt, onde você finalmente vai entender porquê este blog se chama Igor C. Barros Cartoons...

%d blogueiros gostam disto: