28
fev
07

A Rede Globo vai invadir o seu computador! Calma, é só o GC deles

Atenção: Este foi apenas o início do projeto Rede Rounded, neste post datado de 2007. Para as fontes mais recentes, vá até https://igorcbarros.wordpress.com/rede-rounded/. Pelo bem das informações dadas neste blog, o texto foi adaptado e reescrito.

Neste projeto, o mais difícil é fazer as letras minúsculas, que são muito mais complexas e tem muito menos referências do que as maiúsculas.

Neste projeto, o mais difícil é fazer as letras minúsculas, que são muito mais complexas e tem muito menos referências do que as maiúsculas. Até 1981 a Rede Globo só usava letras maiúsculas na geração de caracteres e em logotipos. Em 1981 estreou o programa Globo Cidade, um programa local do Rio de Janeiro, e no logo desse programa, a palavra "cidade" estreia as letras minúsculas.

Está começando o meu mais novo projeto de fontes True Type: Rede Rounded. E essa eu resolvi fazer de próprio punho porquê ela não existe, como existia no passado, em lugar nenhum!!! Procurei em todos os sites que vendem fontes, não há nada sequer parecido com isso, sei lá, uma versão com cantos quadrados, nada!!
[EDIT out/2009: A fonte Fur Rounded PARECIA ser uma versão destruída da fonte perseguida por este projeto, mas não é: o próprio desenvolvedor afirma que ela é baseada na Futura Heavy. Ou seja, profissionalmente, a fonte original continua não existindo. Não confunda esta fonte com a utilizada atualmente no Jornal Nacional ou em programas como Toma Lá Dá Cá, estas foram desenvolvidas pela Rede Globo, e não tem a intenção deste projeto.]

Esta versão é baseada nos títulos só com letras maiúsculas, que apareciam em algumas logomarcas de programas dos anos 70. Em breve estará disponível.

Esta versão é baseada nos títulos só com letras maiúsculas, que apareciam em algumas logomarcas de programas dos anos 70 (além do caso do leite em pó citado no texto). Em breve estará disponível.

Já vi essa fonte na tampa da maionese Hellmann’s, dizendo o endereço do fabricante. No YouTube, o slogan de um antigo comercial do Leite em Pó Royal também usa essa fonte “desaparecida”. Mas o uso mais famoso dessa fonte foi nos GCs da Rede Globo, entre 1976 (abertura da novela Anjo Mau) e 1995 (abertura da novela A Próxima Vítima), em tudo quanto era lugar: créditos de programas, telejornais, aberturas de novelas e até legendas de filmes, como os da Globo Vídeo. (Houve também a novela Salário Mínimo da TV Tupi, mas era alarme falso, não era o mesmo typeface da Globo)

Na verdade, a Globo já usou MUITO MAIS gerador de caracteres do que hoje em dia. Não havia nenhuma execução de músicas, mesmo em programas infantis como o Balão Mágico, sem que fosse dado título e autores. (Quebrava LEGAL a magia da televisão, mas, e daí?…) Os nomes das chacretes eram dados ao longo do Cassino do Chacrinha. Antigamente, quando o GP do Brasil era gerado pela própria Globo em vez da F1 Administration, a parte de GC era toda feita pela emissora, em inglês. E por aí vai… Hoje em dia, só a RedeTV! usa geração de caracteres de forma tão intensa.

Reprodução fiel do gerador de caracteres usado a partir de 1981, com os caracteres de tamanho maior que eram usados nas chamadas da emissora naquela época, depois passaram a ser usados na apresentação de eventos esportivos como a Fórmula 1.

Reprodução fiel do gerador de caracteres usado a partir de 1981, com os caracteres de tamanho maior que eram usados nas chamadas da emissora naquela época, depois passaram a ser usados na apresentação de eventos esportivos como a Fórmula 1.

Até mesmo placas de sinalização dentro da emissora e do jornal “O Globo” eram com esse tipo de letra! [EDIT: O Globo mudou de sede em 1999.]
Mãns
veio a inauguração do Projac, e junto com ela, a compra de novos equipamentos e novos GCs, que já usavam fontes TrueType em vez de placas onde os bitmaps eram gravados em EPROM – suposição minha, mas só pode ser isso – era assim que operavam na época os GCs dedicados da Chyron, líder do segmento nos EUA e que existe até hoje – “dedicado” significa que ele não consegue funcionar como um computador, ao contrário dos GCs de hoje, que rodam Windows, por exemplo.

Com esses equipamentos, acabaria sendo oficializada a fonte conhecida como Vogue Rounded (hoje banalizada e usada por quase todas as emissoras).
Como nem sequer os desenvolvedores de fontes alemães – alguns que vivem resgatando fontes esquecidas, como aquelas com DB no título – resgataram essa fonte, resolvi fazer isso.

Na verdade, na minha infância e adolescência, tentava fazer na mão. Obviamente sem sucesso. Em 2004 eu adaptei uma fonte Futura Heavy em um programa de edição de fontes, que até que ficou bacana, mas não convencia, devido a total falta de referências. O typeface verdadeiro não era tão decalcado assim na Futura como nós pensavamos até então. E as referências surgiriam mais tarde…

Mais, muito mais sobre esse assunto, e os links que você está procurando, na página Rede Rounded deste blog, no cabeçalho. Vai lá!


3 Responses to “A Rede Globo vai invadir o seu computador! Calma, é só o GC deles”


  1. 1 Anonymous
    3 de março de 2007 às 1:26 am

    Hummm… já vi uma fonte parecida com essa em vídeogames. A Namco chegou a usá-la em Soul Calibur II, e a Square-Enix utilizou-a em Grandia III e Final Fantasy XII

  2. 2 Anonymous
    7 de abril de 2007 às 4:38 pm

    Igor! Faca mais fontes!

  3. 3 bossanova86
    20 de outubro de 2009 às 9:14 pm

    Muito bom Igor. Falta a que diz REDE GLOBO

    > Essa já é MUITO MAIS fácil, é a Avant Garde.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


VOCÊ CONHECE A FITA VHS “AS GAFES DA GLOBO EM 84”?

Conhece? Tem? Sabe quem tem? Já viu? Clique aqui.

Igor C. Barros Cartoons, o Blog

Feliz 2013! Este é o nosso blog secundário, porquê atendemos atualmente no Tumblr. Só que a compra do Tumblr pelo Yahoo! fez muita gente espontaneamente criar blogs da Wordpress. Seja como for, este blog está semi-de volta, só que diferente, despolitizado, mais maduro, mais velho, mais gordo, com menos cabelos, MAS com os mesmos sonhos:
"Fazer séries de desenho animado em grandes pólos produtores (EUA, Canadá, Japão, Filipinas, México) para que elas, com a máxima qualidade, possam também estar no Brasil, misturando-se às séries que vem do exterior, sem submeter-se aos ditames que regeriam o roteiro de um produto 100% nacional."
"Produzir músicas e/ou podcasts com qualidade equivalente a dos grandes estúdios para download ou streaming na Internet."

A Salt Cover? Desde 2010 ela é composta de mais pessoas além de mim, e atende em www.saltcover.com.br! Está sendo um tanto maltratada pelos nossos trabalhos na vida real, que sustentam o leitinho das crianças, mas está aí, e não morre quem peleia!

Crianças, que dia é hoje? 5:60!

fevereiro 2007
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  

Arquivos Mort… digo, vivos (afinal, estamos na Wordpress)

As últimas do Twitter

Tá com dinheiro sobrando?

Sabe uma coisa que você pode fazer com ele? Doar para o Criança Esperança. Não é piada: pela Internet, você pode doar 24 horas e 365 dias por ano!!! E sem o Aragão te enchendo os pacovás! Duvida? Clique aqui!!

Este blog não é o seu genro, mas é bem visitado

  • 190,536 pessoas nos visitaram e filaram a bóia

ATENÇÃO À DATA DA POSTAGEM

Este blog tem textos escritos desde 2004, e muitos dos links deles ou até mesmo suas informações podem não ser mais válidas.
Eu sei que infelizmente você veio aqui justamente por causa disso, é o Gôógle que é sem noção mesmo. Aproveite que você está aqui, clique no banner lá em cima e veja os posts mais recentes!

Só pra constar, viu

Agora aqui na WP, na página Míusiqui, as músicas que embalaram uma geração, pra você e todo mundo cantar junto! Essas e muitas outras você só ouve na Rádio Salt Cover, mesmo porquê a rádio clandestina da sua quebrada tem um nome a zelar.
Em breve, confira também o nosso perfil no DeviantArt, onde você finalmente vai entender porquê este blog se chama Igor C. Barros Cartoons...

%d blogueiros gostam disto: