25
maio
07

Star Wars, 30 anos.

Em 25 de maio de 1977 estreava, nos EUA, o primeiro filme Guerra nas Estrelas, ou para os mais puristas, Sala de Estar OársAuê no Cér ou Peleia no Firmamento, em outros locales do Brasir. (Curiosamente, do mesmo ano é o filme Os Embalos de Sábado a Noite, pra vocês terem uma idéia de quando esse filme foi feito! Ah, Chaves e Chapolin estavam firmes e fortes, no México…)

Não sou fã assim exatamente de carteirinha, mas o que esse filme causou e o que ele influenciou se refletiu em um negócio que aconteceu comigo, em 1996 eu comprei uma revista Mad em inglês, especial sobre esse tema (sei lá onde anda hoje, inphelismente.) O idioma escrito eu entendo, e muito melhor do que o falado, infelizmente. De resto, acho que entendi mais de 90% das piadas com referências ao filme, mesmo só tendo assistido “A Ameaça Fantasma”, no cinema, anos depois. Os três anteriores, bem “ampassã” em vídeo e pela televisão – sim, esses filmes um dia já passaram na Globo! Falando em “ampassã”, acreditem, já cometi o pecado supremo de misturar Star Wars com Star Trek…

O G1 fez uma série de matérias sobre o tema. Eles só esqueceram do mais inesperado: as músicas. E não estou falando dos temas compostos por John Williams!!

Y-O-D-A… Y-O-D-A… (cante ao som do Village People)
É provável que, em matéria de histórias que viram músicas, só as Escrituras Sagradas inspirem mais músicas do que a saga de Star Wars! Isso faz parte do gênero filk, que são músicas de diversos gêneros (principalmente os que não tem nada a ver com as baghassas, como o folk) que versam sobre ficção científica, computadores, etc. – e entre esses temas, é claro, está Star Wars.
É provavel que Gilberto Gil tenha feito um filk brasileiro, a música “Pela Internet”. Um dos expoentes do filk, não sei se acidentalmente ou de propósito, é Weird Al Yankovic, cantor especializado em paródias de trocentas músicas, desde 1976. Ele, inclusive, tem uma curiosidade: seus CDs são muito bem vendidos, embora ele disponibilize todas as faixas em mp3 no seu site. E o que é pior, nos Megauploads da vida, como qualquer pessoa normal…
Eu, que sou dublê de produtor musical, até tentaria alguma coisa nesse estilo, mas não manjo nada dos pormenores dessa série… além do mais, tenho outras prioridades no campo musical, como terminar o pseudo-álbum Zicky Zira É.

Uôômmmmm
Ah, mas tem mais uma coisa. Segundo uma entrevista do protagonista de “Star Wars Episódio 1”,ele não poderia dizer como era feito o efeito especial do sabre de luz!
Não pode, mas não precisa. Com o advento da Internet e a prolipheração de alguns softwares de composição e efeitos visuais, um dos temas mais presentes em vídeo na Internet, antes mesmo de surgir o YouTube, são as lutas de “sabres de luz” genéricos! Já vi mais de 3 videomakers diferentes descobrirem sozinhos como fazer isso. Procurando lightsaber no YouTube, retornam 18.900 vídeos, a maioria não cenas dos filmes!
E outras coisas… Direto do katálogo da Pepa Filmes, confiram o Jedi do Grajaú: clip 1, clip 2.

Enfim, tantos outros filmes “fantásticos” surgiram depois, como “Duna”, “Labyrinth”, “Brazil o Filme”, etc. Mas pra outro filme superar os personagens de George Lucas… digamos que seria muito mais fácil superar os personagens de Walt Disney.

E veja em SodTV, o mais novo “TV YouTube”, com vídeos pra assistir até sair pelas orelhas.

Anúncios

0 Responses to “Star Wars, 30 anos.”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


VOCÊ CONHECE A FITA VHS “AS GAFES DA GLOBO EM 84”?

Conhece? Tem? Sabe quem tem? Já viu? Clique aqui.

Igor C. Barros Cartoons, o Blog

Feliz 2013! Este é o nosso blog secundário, porquê atendemos atualmente no Tumblr. Só que a compra do Tumblr pelo Yahoo! fez muita gente espontaneamente criar blogs da Wordpress. Seja como for, este blog está semi-de volta, só que diferente, despolitizado, mais maduro, mais velho, mais gordo, com menos cabelos, MAS com os mesmos sonhos:
"Fazer séries de desenho animado em grandes pólos produtores (EUA, Canadá, Japão, Filipinas, México) para que elas, com a máxima qualidade, possam também estar no Brasil, misturando-se às séries que vem do exterior, sem submeter-se aos ditames que regeriam o roteiro de um produto 100% nacional."
"Produzir músicas e/ou podcasts com qualidade equivalente a dos grandes estúdios para download ou streaming na Internet."

A Salt Cover? Desde 2010 ela é composta de mais pessoas além de mim, e atende em www.saltcover.com.br! Está sendo um tanto maltratada pelos nossos trabalhos na vida real, que sustentam o leitinho das crianças, mas está aí, e não morre quem peleia!

Crianças, que dia é hoje? 5:60!

maio 2007
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Arquivos Mort… digo, vivos (afinal, estamos na Wordpress)

As últimas do Twitter

Tá com dinheiro sobrando?

Sabe uma coisa que você pode fazer com ele? Doar para o Criança Esperança. Não é piada: pela Internet, você pode doar 24 horas e 365 dias por ano!!! E sem o Aragão te enchendo os pacovás! Duvida? Clique aqui!!

Este blog não é o seu genro, mas é bem visitado

  • 200,645 pessoas nos visitaram e filaram a bóia

ATENÇÃO À DATA DA POSTAGEM

Este blog tem textos escritos desde 2004, e muitos dos links deles ou até mesmo suas informações podem não ser mais válidas.
Eu sei que infelizmente você veio aqui justamente por causa disso, é o Gôógle que é sem noção mesmo. Aproveite que você está aqui, clique no banner lá em cima e veja os posts mais recentes!

Só pra constar, viu

Agora aqui na WP, na página Míusiqui, as músicas que embalaram uma geração, pra você e todo mundo cantar junto! Essas e muitas outras você só ouve na Rádio Salt Cover, mesmo porquê a rádio clandestina da sua quebrada tem um nome a zelar.
Em breve, confira também o nosso perfil no DeviantArt, onde você finalmente vai entender porquê este blog se chama Igor C. Barros Cartoons...

%d blogueiros gostam disto: