26
jun
09

Cacetada, Michael Jackson se fué

Estava aqui eu trabalhando quando descubro, meio que aos poucos, pela televisão, que Billy Jean vai ficar viúva, Ben perdeu um grande amigo, e aquela garota tão sensacional vai ficar com o Paul. Annie aren’t ok, because he finally get enough. E, para os mais engraçadinhos, o bidê vai ficar vazio…
Phaleceu nesta tarde nos EUA o cantor, compositor, pai de família, e, com certeza, rei do pop Michael Jackson. Sabe, eu imaginava que esse dia um dia iria chegar, mas não que fosse hoje… Jackson parte aos 50 anos, depois de uma carreira tão impressionante quanto seu talento (e seu nariz), afinal qual garoto que você conhece que cantava daquele jeito seus primeiros hits como um calouro nota dez do Raul Gil?  E tudo isso continuou em sua carreira solo, de Don’t Stop Till You Get Enough em diante. [EDIT: A carreira solo começou bem antes disso, é que eu não coneço os lances direito, afinal eu nasci quando Elvis estava vivo, o papa era Paulo VI e Michael já estava lá, cantando como Kenny G toca seu sax.]
Que chato, imaginava o dia em que Michael estaria em programas populares cantando seus grandes sucessos com playback, ou ao violão, para uma plateia de clientes do Baú da Phelicidade batendo palmas ritmadas. Infelizmente sua carreira acabou antes…

Tão ou mais famoso que Beatles e Elvis Presley. Quando disse que estava com vitiligo – verdadeiro motivo de ele aparecer branco em 1988 – 3 fãs se ofereceram para doar sua pele à MJ, até que eles fossem informados do que é o vitiligo. Que artista causaria reações à esse ponto?! Só Michael da Silva Jackson (como eu o chamava).

Eu era muito criança quando lançaram Thriller, que marcou os anos 80 ao lado da galera de sempre, e não vi direito quando lançaram Bad (na verdade um dos primeiros clipes que barré da Internet banda larga foi Fat, de Weird Al Yankovic…) Mas o Fantástico nunca foi tão fantástico quanto no dia em que passaram Black or White. Mesmo com aquelas cenas que seriam cortadas depois, eu era um adolescente, achei legal, sei lá…
Se eu fosse fazer uma lista dos 10 programas de TV que eu mais gostei de ter visto, 3 deles eram sobre MJ. Dois foram na Band, apresentados por Roberto Cabrini. E ironicamente o outro era um Eu Vi na TV, do João Kleber, que costumeiramente exibia pegadinhas, durante um programa inteiro eles falaram sobre MJ com alguém próximo a eles, o produtor e fã do astro Dirceu Santana (aquele que era chamado de “Tio Chico”), que chegou a conhecê-lo pessoalmente. E não desliguei a TV enquanto não acabou. MJ é assunto. Para quem o conhece a fundo, renderia um blog inteiro.

Há duas perguntas sobre Michael Jackson que, de repente, poderiam ser respondidas de agora em diante. Foi ele mesmo que participou de um episódio dos Simpsons? (Nos créditos aparece o nome “John Jay Smith”). E ele chegou a compor a trilha sonora do game Sonic 3? (Algumas músicas deste game tem coincidências muito grandes com músicas do já saudoso Michael, um vídeo no YouTube mostrava isso.)
Em conseguindo voltar, a Rádio Salt Cover fará alguma referência à MJ, já gravamos a música “Bife”, mas com aquele vocoder era duro de entender a letra.  Força, família Jackson. E família Fawcett e os robôs efêmeros também.


3 Responses to “Cacetada, Michael Jackson se fué”


  1. 26 de junho de 2009 às 12:49 pm

    Bem Igor… Nem sei o que dizer… Um outro bom programa que também falou de MJ, foi (por incrível que pareça!), um quadro que o Alexandre Frota fez para o Hoje em Dia da Record ano pasado.

    Talvez num momento único (tal qual um “sétimo sentido” de um cavaleiro de Pégaso na casa de Leão), o Frota fez um encerramento sincero no final deste. Ironicamente, acabou sendo um epitáfio antecipado (isto, meses antes da sua morte).

    Matéria minha: http://www.culturanime.com/modules/news/article.php?storyid=2028

    Abraços, CR

  2. 2 Icarix Ace
    5 de julho de 2009 às 10:49 pm

    Me parece que havia um contrato de exclusividade da Sony que não permitia aparecer a imagem do Michael em vídeos de concorrentes – nem em animação, por isso ele participou de um episódio dos Simpsons apenas com a voz, no papel de um louco(?) que dizia ser o próprio Michael!

    > Faz sentido. Só não me lembro como começa o final (geralmente cortado e que nunca mais vi) de Black or White, onde Bart aparece assistindo o clipe.
    UPDATE: Preciso achar onde eu vi isso hoje, mas vi em outro lugar que Michael Jackson também foi co-autor da música Do the Bartman (puts, eu gostava dessa também, 1991 foi inesquecível), só que esta sempre era creditada somente ao outro autor provavelmente por conta disso também.

    • 3 Icarix Ace
      20 de agosto de 2009 às 3:42 am

      Se não me falha a memória, depois do final (onde dá um close no estúidio onde filmavam a última figurante da ‘troca de caras do clip’) acabam passeando pelos bastidores do estúidio onde tem um monte de gente trabalhando/conversando… e não reparando em uma pantera negra que caminha até sair do estúdio (e a câmera seguindo).
      Quando já está em uma rua deserta, a pantera se transforma no próprio Michael e aí começa a dança solo (e o quebra-quebra em ato de ‘vandalismo em um dia de fúria’ censurado pelo próprio MJ)!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


VOCÊ CONHECE A FITA VHS “AS GAFES DA GLOBO EM 84”?

Conhece? Tem? Sabe quem tem? Já viu? Clique aqui.

Igor C. Barros Cartoons, o Blog

Feliz 2013! Este é o nosso blog secundário, porquê atendemos atualmente no Tumblr. Só que a compra do Tumblr pelo Yahoo! fez muita gente espontaneamente criar blogs da Wordpress. Seja como for, este blog está semi-de volta, só que diferente, despolitizado, mais maduro, mais velho, mais gordo, com menos cabelos, MAS com os mesmos sonhos:
"Fazer séries de desenho animado em grandes pólos produtores (EUA, Canadá, Japão, Filipinas, México) para que elas, com a máxima qualidade, possam também estar no Brasil, misturando-se às séries que vem do exterior, sem submeter-se aos ditames que regeriam o roteiro de um produto 100% nacional."
"Produzir músicas e/ou podcasts com qualidade equivalente a dos grandes estúdios para download ou streaming na Internet."

A Salt Cover? Desde 2010 ela é composta de mais pessoas além de mim, e atende em www.saltcover.com.br! Está sendo um tanto maltratada pelos nossos trabalhos na vida real, que sustentam o leitinho das crianças, mas está aí, e não morre quem peleia!

Crianças, que dia é hoje? 5:60!

junho 2009
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Arquivos Mort… digo, vivos (afinal, estamos na Wordpress)

As últimas do Twitter

Tá com dinheiro sobrando?

Sabe uma coisa que você pode fazer com ele? Doar para o Criança Esperança. Não é piada: pela Internet, você pode doar 24 horas e 365 dias por ano!!! E sem o Aragão te enchendo os pacovás! Duvida? Clique aqui!!

Este blog não é o seu genro, mas é bem visitado

  • 190,536 pessoas nos visitaram e filaram a bóia

ATENÇÃO À DATA DA POSTAGEM

Este blog tem textos escritos desde 2004, e muitos dos links deles ou até mesmo suas informações podem não ser mais válidas.
Eu sei que infelizmente você veio aqui justamente por causa disso, é o Gôógle que é sem noção mesmo. Aproveite que você está aqui, clique no banner lá em cima e veja os posts mais recentes!

Só pra constar, viu

Agora aqui na WP, na página Míusiqui, as músicas que embalaram uma geração, pra você e todo mundo cantar junto! Essas e muitas outras você só ouve na Rádio Salt Cover, mesmo porquê a rádio clandestina da sua quebrada tem um nome a zelar.
Em breve, confira também o nosso perfil no DeviantArt, onde você finalmente vai entender porquê este blog se chama Igor C. Barros Cartoons...

%d blogueiros gostam disto: