13
out
09

Kiko: o caso era mais sério do que parecia

Calma, não é nada comigo nem com a Salt Cover. Graças a Deus. Já com ele…

Há uns 2 meses eu fui ao Shopping Center Norte, o shopping que eu menos vou em toda a cidade, e por esse motivo queria ir lá.
E em um restaurante, percebi uma pessoa vestida como o Quico da série Chaves, com uma roupa até que bem feita, lembrando a temporada 1978.
Pensei até ter sido reconhecido por ele, porquê eu fui ao shopping igualzinho à foto do cabeçalho do blog. Achei que pudesse estar acontecendo algum evento CH, ou mesmo de mangá e anime envolvendo cosplayers, porquê alguns – alguns que eu conheço, inclusive – frequentam esses eventos vestidos ocmo personagens de Chaves e Chapolin, é o pessoal do Fã-Clube Chespirito Brasil.
Na verdade havia um pequeno detalhe aí: era segunda-feira, dia livre para mim, mas não para a maioria das pessoas, e me parece que os eventos não são feitos às segundas (é ou não é, Cláudio Roberto?) E onde é que eles iriam fazer evento CH na região, no Expo Center Norte ou no Anhembi?… (Algum dia chegaremos lá!)

Pois é, e não é que eu encontro ele de novo? Desta vez na TV, no Casos de Família. Na verdade, TV pra ele não é novidade: ele já esteve em um programa apresentado por Silvio Santos, respondendo sobre Chaves, e até chegou a perguntar sobre os ‘episódios perdidos’, algo que só o SBT não sabe do que se trata.  E o caso dele é muito mais sério do que um simples evento! Link YouTubístico , mas o SBT nem sabe que esse site existe, então acho que não teremos problemas. Dica do Valette Negro, administrador do Fórum Único Chespirito, e vídeo por DucadorCH.
Falando em Chaves: esta é a principal atração do próximo programa da Rádio Salt Cover, que consegui gravar metade hoje, uns 13 minutos, aêêêê!! Mas não é qualquer coisa. A gente imaginou como seria o episódio mais cancelado de todos os tempos…

Anúncios

3 Responses to “Kiko: o caso era mais sério do que parecia”


  1. 14 de outubro de 2009 às 10:18 am

    Ops! Valeu a referência (como é que ele soube do meu evento na segunda-feira, 12/10?).

    Quanto ao tema deste “Casos de Familia”: Alguém da equipe do programa, chegou a contactar o Fórum Cosplay Brasil”, mas a receptividade foi a pior possível. Sorte (?) para o Quico, que teve um espaço maior do que os “covers” de Naruto e Cia.

    Abraços!

  2. 3 Thamara
    18 de outubro de 2009 às 6:16 pm

    claro que a recepção do cosplay brasil foi das piores, a mulher da equipe que foi lá não quiz nem falar o nome do programa, só chegou falando: “precisamos de cosplayers para um programa”.
    e claro que não ninguém foi troxa de cair na dela…
    porque não colocaram de uma vez “queremos humilhar alguns cosplayers em rede pública, alguém quer ser a vítima?”

    > É exatamente isso, encontrei os tópicos correspondentes. Caramba, será que eu sou o único cara que não trata cosplay como uma coisa do outro mundo?!… Thamara, obrigado pela audiência.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


VOCÊ CONHECE A FITA VHS “AS GAFES DA GLOBO EM 84”?

Conhece? Tem? Sabe quem tem? Já viu? Clique aqui.

Igor C. Barros Cartoons, o Blog

Feliz 2013! Este é o nosso blog secundário, porquê atendemos atualmente no Tumblr. Só que a compra do Tumblr pelo Yahoo! fez muita gente espontaneamente criar blogs da Wordpress. Seja como for, este blog está semi-de volta, só que diferente, despolitizado, mais maduro, mais velho, mais gordo, com menos cabelos, MAS com os mesmos sonhos:
"Fazer séries de desenho animado em grandes pólos produtores (EUA, Canadá, Japão, Filipinas, México) para que elas, com a máxima qualidade, possam também estar no Brasil, misturando-se às séries que vem do exterior, sem submeter-se aos ditames que regeriam o roteiro de um produto 100% nacional."
"Produzir músicas e/ou podcasts com qualidade equivalente a dos grandes estúdios para download ou streaming na Internet."

A Salt Cover? Desde 2010 ela é composta de mais pessoas além de mim, e atende em www.saltcover.com.br! Está sendo um tanto maltratada pelos nossos trabalhos na vida real, que sustentam o leitinho das crianças, mas está aí, e não morre quem peleia!

Crianças, que dia é hoje? 5:60!

outubro 2009
D S T Q Q S S
« set   nov »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivos Mort… digo, vivos (afinal, estamos na Wordpress)

As últimas do Twitter

Tá com dinheiro sobrando?

Sabe uma coisa que você pode fazer com ele? Doar para o Criança Esperança. Não é piada: pela Internet, você pode doar 24 horas e 365 dias por ano!!! E sem o Aragão te enchendo os pacovás! Duvida? Clique aqui!!

Este blog não é o seu genro, mas é bem visitado

  • 202,355 pessoas nos visitaram e filaram a bóia

ATENÇÃO À DATA DA POSTAGEM

Este blog tem textos escritos desde 2004, e muitos dos links deles ou até mesmo suas informações podem não ser mais válidas.
Eu sei que infelizmente você veio aqui justamente por causa disso, é o Gôógle que é sem noção mesmo. Aproveite que você está aqui, clique no banner lá em cima e veja os posts mais recentes!

Só pra constar, viu

Agora aqui na WP, na página Míusiqui, as músicas que embalaram uma geração, pra você e todo mundo cantar junto! Essas e muitas outras você só ouve na Rádio Salt Cover, mesmo porquê a rádio clandestina da sua quebrada tem um nome a zelar.
Em breve, confira também o nosso perfil no DeviantArt, onde você finalmente vai entender porquê este blog se chama Igor C. Barros Cartoons...

%d blogueiros gostam disto: