Posts Tagged ‘animação

10
nov
09

Negritudes e coincidências entre sites de humor animado

No Charges.com.br, um e-mail chamou nossa atencción:
Reprodução (do texto, grifos nossos)Link original aqui. Eu, ao contrário do missivista, visito de vez em nunca o Mundo Canibal. Só conheci o trabalho deles por algumas animações exibidas há muitos anos atrás pela AllTV e no Pânico na TV, e olhe lá.
Francamente, a Fábrica de Quadrinhos me intimida muito, eles são um desestímulo à todas as coisas que eu faço, até a Rádio Salt Cover! (eles criaram uma espécie de Gorillaz). É um berro na minha orelha, há 10 anos: “Se você não tem tempo pra fazer a Salt Cover, nós temos! E com palavrões!”
Costumeiramente, ás vezes vou a um outro site, mais antigo, e nem sempre tão bom (as primeiras animações do HT, em 2002, são MUITO PIORES do que as primeiras animações do Charges!!). O Humor Tadela, o site mais inpheliz do Brasil. E me deparo com uma manchete que parece pegar carona nesse assunto:
Reprodução (do texto)Às famílias que esitverem nos lendo, desculpem-nos pelo texto accima. Mas, caramba, eles combinaram? Ou é uma alfinetada para os lados de Uberlândia? Enfim, a coincidência só não é maior porquê o caçula dessa turma, o Anima Tunes, se inclui fora dessa. E nós, aqui, só assistimos de camarote, com ingresso phalso comprado do cambista por 14 mil reais…
Já tentei fazer animações em Flash. Ainda quero voltar a tentar…

Anúncios
28
out
09

Parabéns para nós, que sonhamos com o impossível

Hoje é o dia internacional da animação! AêêÊ! Mais palmas! ANIMAÇÁÁÁO!…
Queria brindá-los com alguma coisa. Então, vai uma musiquélia à toque de caixa, que você pode barrárr aqui e aqui. Música, pra falar disso? É que tem uns lances que, assim como a galera da MPB, eu preferi falar por música, desta vez…
E também , fique com esta página do Personagens & Cia. que é campeã de audiência.

09
out
09

Escreva alguma outra coisa que preste, pô!

• Atenção, vocês que tem site na Geocities! Dia 26 de outubro, como diria João Batista, o machado está no pé da árvore! E eu continuo recomendando a 50Webs e a 000, até agora, sem resultados… Você pode transferir os arquivos que só a Geocities deixava você subir (exe, mp3, wav, pdf…) para hospedadores como o 4Shared e o Mediafire (ao pessoal do Sarcozí, vai procurar o endereço no Google.fr, belê? Eles devem estar tiriricas da vida, ainda mais depois que o Obama deu zebra e levou o Nobel da paz. Bem, ao contrário de quem organiza Jogos Olímpicos, ele faturou uma graninha…)

• Alimentos: Bela idéia a da Nestlé de lançar o Snow Flakes em uma embalagem de tamanho parecido com as de salgadinhos. Isso, a Kellogg’s não tem mesmo! Só faltava ambas as empresas tomarem vergonha na cara e desenharem mais seus personagens, é um monte de desenho reutilizado e remontado na cara de pau, e eles não são o Nightsy para que esse truque funcione.

• Alguns posts MUITO antigos deste blog estão chamando a atenção dos buscadores. Meu, pelo bem da humanidade, clique no cabeçalho e veja os posts atuais. Alguns posts lá atrás tem links quebrados de sites e de imagens, e às vezes até opiniões ultrapassadas.

• O Gugu em seu blog do R7 está me saindo um belo rato de YT. Uma mega-curiosidade que ele acaba de destacar é o clipe de Companheiro, do Dominó, em 1985. Na época o grupo não tinha nada a ver com ele, Gugu, era de agenciados da phamosa agência da Tia Irany, que descobriu ele mesmo e Angélica, além de outros mega-talentos como Robson Bailarino.
O que ele não conta é que as imagens desse clipe do Fantástico foram exibidas no SBT em 1986, quando o grupo passou a ser agenciado pela Promoart – sim, porquê eu me lembro de ter visto esse clipe no SBT! (Afinal eu podia ver Fantástico e Trapalhões de vez em nunca até 1992.) Só que eu era um pré-adolescente, com um televisor com som péssimo, e isso rendeu um virundum: “No banheiro, no banheiro tem, tem o balanço do mar” – achava que eles cantavam sobre uma descarga.
Se alguém quiser completar a versão, esteja à la vontê… E, você já sabe, o lema deles é: assista antes que seja tarde.

• Não estou prometendo nada. Mesmo porquê isso em si não quer dizer nada ainda. Adquiri uma mesa de luz. Não é aquela de desenho animado, que é inclinada, tem romeu-e-julieta e gira. É daquela simples, que parece aqueles luminosos que os médicos vêem radiografias.
Mas a usarei para aquela outra finalidade. Acho que um sabre de luz não teria tamanha utilidade….. Há alguns anos um animador me disse que “seria impossível eu aprender animação aos 27 anos” – minha idade na época, conto isso porquê ele saiu da Internet. Beleza. Alguém aí coloca na vitrola alguma música da banda Survivor, e vamos nessa. Ou chame o pessoal do Pinel! Quem sabe o próximo episódio de Zicky Zira lhes pareça-lhes muito diferente-lhes. Tá, isso quer dizer alguma coisa, então… Mesmo que eu não consiga animar nadica de nada (o que eu duvideodó), a mesa me será muito útil para fazer arte-final, algo no qual eu sou péssimo.
Não sou a Eletropaulo, mas em breve, postes melhores…

16
fev
08

Descobrimos quem produz os Mega Powers

Nem me lembro se foi neste ou em outro blog da rede (tem uns blogs meio parados, ultimamente), mas como vocês se recuerdam, a produtora Vídeo Brinquedo alcançou a fama fazendo longa-metragens “genéricos” de computação gráfica – “Os Carrinhos” chegou a ser o DVD mais vendido do Brasil em 2006. Outros rrenéricos da produtora são Gladiformers [acaba de sair Gladiformers 2] Abelhinhas e Ratatoing – este último se passa no Rio de Janeiro!…

E eles começaram a vender sua primeira produção com atores: o çuper çemtai Mega Powers. É uma espécie de Páuer Rênjers brasileiro. Quem seriam esses atores, faço a menor idéia… Mega Powers pode ser considerado o super sentai mais profissional já feito no Brasil – super sentai, porquê tem o Defender, que é metal hero e é bem feito pra caramba, mesmo sendo amador.

E muitos se perguntaram quem estaria por trás dessa produção. Bem, eu descobri, por um tremendo acaso, procurando pelo móvel de trabalho que é o nome da produtora em questão.
A Vídeo Brinquedo, ao contrário do que se imaginava, não produz a série, só a distribui. Mega Powers é da produtora Mesa de Luz, do Rio de Janeiro, um estúdio de design, fotografia (com clientes até importantes, como a Vivo), animação e agora, essa produção com atores, que não vem sendo muito querida pela galera que cresceu vendo Pobrer Rênjers e principalmente pelos futuros tiozinhos como djô, que cresceram vendo Jaspion e Changeman (minto, na minha época era o Spectreman!!)

A “Mesa” também produz animação, e das boas, como a série Amazon Warriors, da RJR produções, ainda em desenvolvimento, criada por Ronaldo Barcelos. Essa parte está em branco no site da produtora, mas no link está o site oficial do projeto, com um viés MUITO mais intelectual e educativo do que os Mega Powers.  [UPDATE: http://www.guerreirosdamazonia.com.br]
Agora você já sabe who parited Matthew and it’s embaling it !! Balança, meu filho!!
Engraçado, eu queria algum dia entender porque o grosso da produção de animação no Brasil se concentra no Rio de Janeiro, São Paulo deve ter 1/3 das empresas e profissionais que tem no Rio. Dá-lhe ponte aérea.

[EDIT: Recentemente achei produções da Vídeo Brinquedo como brinde em embalagens de doces, algum primo distante do Dan-Top. Mas isso não quer dizer nada, a produtora prima rica da Salt Cover segue em frente e já lançou também produções em 2D, como Escola de Princesinhas, e até coisas 130% originais, como BR Futebol.]

12
fev
08

Vamos trabalhar – Oh vida, oh azar

“Vamos trabalhar, vamos pegar no batente
Vamos trabalhar, só assim vamos pra frente
Temos muitas danças para aprender
Temos muitas fãs para atender
Nós ficamos assim a estudar
enquanto ainda nos resta o ar”

[“Vamos Trabalhar” (2003), música e letra por Igor C. Barros, homenageando o grupo Br’Oz.]

Graças a um uídget daqui do WordPress, descobri que tive duas visitas que não as minhas neste blog, ou seja, alguém “já me descobriu aqui outra vez, será impossíver, larga d’eu, home, larga d’eu”, como dizia o saudoso pai da Glória Pires. O que me motiva a começar ainda que timidamente este projeto de esboço de blog (embora os WordPressianos diriam isso dos meus blogs ‘principais’, hospedados em um outro lugar…)

E começo dizendo que estou cansado das férias que não tive nesse começo de ano. Não tive. Só consegui sair de casa para me divertir uma vez. Eu disse uma vez. Teve gente que fez isso todo santo dia – e toda não-tão-santa noite…
Queria começar o ano já enfiando o pé na jaca, fazendo trocentos vídeos daqueles que eu coloco nos sites YouTube, Dailymotion e Videolog. Mas só consegui fazer um, e parcialmente, o vídeo “Nada a Ver III”. Uma sátira de abertura de novela ficou de fora porquê eu achei ruim demais.
E quando novas idéias começaram a surgir, cometi um erro desgraçado: instalar a versão mais recente (Illυstraτσr CS²) do programa de arte vetorial que eu uso, o que não deixa mais o programa, no qual eu fazia os vídeos e seus efeitos visuais (Afτεr Effεcts 7), funcionar, gerando um erro com apenas 4 citações sem solução na Internet – aliás, cinco, contando o que eu escrevi no meu outro blog. Esse programa tem um talento todo especial de deixar pessoas na mão ao redor do mundo com outros tipos de erros fatais, e o que é pior, ele não tem concorrentes! Tentei um deles ano passado, ele não fazia nada do que eu precisava.

Foi esse programa que tornou possível Zicky Zira se tornar um desenho animado com visual dos anos 80, imitando a qualidade da imagem que se tinha na época. E com alguns macetes que eu descobri, esse programa não só fazia animação parcial (estilo Charges.com.br ou AnimaTunes), mas também animação tradicional, embora fosse um sacrifício do caramba ter de desenhar frames lado a lado e ainda por cima, vetorizá-los. (ninguém faz isso em animação profissional, que eu saiba, eles usam mesas com iluminação fazendo os frames uns por cima dos outros. Não digo “assim até eu”, porquê eu também tentei fazer dessa forma usando papel vegetal, sem conseguir resultados satisfatórios.)

Enfim, quando eu me preparava para o segundo episódio, descubro que vou ter que começar a partir do zero e 1) buscar formas alternativas de realizar a animação ou 2) reinstalar o Windows. Como já fiz inacreditáveis três vezes.

Formas alternativas? Eu tenho uma que PODERIA SER (mas não é) uma mega de uma forma alternativa de animação: o Flash!! Do qual eu apanho impiedosamente há 5 anos, e com o qual eu seria capaz de fazer alguma coisa como “O Cara Tussiu”
Enfim, ao contrário de um número considerável de pessoas (Mundo Canibal, Bruno Bozetto, Baltazar do AnimaTunes), não consigo fazer nada que preste em Flash e muito menos que se aproxime de um desenho animado convencional dos bão. Não consegui nos últimos 5 anos, muito menos agora, “on demand” e na pressão. Eu não funciono sob pressão nem com vínculo empregatício, que dirá sem…

Quanto a la opción 2… vai ser a humilhação suprema, mas paciência. Já reinstalei o Oíndols TRÊS VEZES en questa macchina justamente por causa dos programas ficarem dando esse tipo de defeitos. As vezes penso até em ter dois computadores, porquê os programas que estão no meu computador cobrem um leque diversificado até demais de atividades. Não sei se há outro computador no qual estão ao mesmo tempo programas de produção musical, computação gráfica, edição de fontes TrueType e quatro emuladores de video games – isso fora os já mencionados. Teoricamente, isso deveria ser possível! Mas, sabe como é, “na prática, a teoria é outra coisa”…

Isso, somado a outros fatores, tornam a produção de outros vídeos da Salt Cover algo muito difícil. Muito difícil, no entanto, não significa impossível.  Não estou decretando o “fim” dessa brincadeira. Estou querendo apenas dar um tempo, tô sem inspiração com tantos ‘reveses’ lá pelos domínios do “Grande Óculos”, como apagamento de vídeos, comunidades de sites de relacionamento e blogs, tudo isso me deixa P da vida e com muitas saudades da Web 1.0. As vezes quero esquecer que isso aqui existe. Já durmo com o computador desligado, sendo que 10 anos atrás o meu sonho seria navegar na Internet a madrugada inteira – mas naquela época o computador não era meu e a conta seria meio salgada.

Estou escrevendo aqui, porquê o meu blog mais famoso se tornou o “blog da Salt Cover”. Mas você que gostou daqui, não fique cabisbaixo sequer borocoxô: nem todos os posts serão estilo “oh dia, oh azar” como este. Quero postar desenhos aqui, aproveitando que a WordPress oferece 3GB para hospedagem de imagens, contra 1Gb do outro, entre outras coisas. Espero que eles sejam compreensivos: não é prngrafia, não é pdfilia, é FAN ART, cáspite.

E começando este blog, lanço um grito à escuridão, ao desconhecido, perguntando: Tem alguém aí? Você tem ou conhece um site interessante que poderia fazer parte da seção de links daqui? Qual a sua opinião sobre os meus personagens, sobre a Salt Cover, se vai dar praia hoje, se o melhor é o PT ou o PSDB, etc, comente este post! Dios lhe pague.

(Alguns erros de ortografia são propositais para as palavras não serem encontradas pelo Grande Óculos.)

04
dez
06

Folha de São Paulo, caderno “Dinheiro”, 4/12/2006:

China, um país de todos!A Mattel estava pensando em produzir as bonecas Barbie no Brasil e… e… desistiram da idéia! Segundo eles, a burocracia e a importação de Mr. Da Silva‘s 3rd-world-country tornariam os produtos muito caros. As bonecas seguirão partindo da China para o resto do mundo.

Curiosamente, é também da China que partem as falsificações da personagem. Mas, ao contrário da Sony (que reluta a lançar oficialmente seus videogames no Brasil e prefere países mais desenvolvidos, como a Nicarágua), parece que a Mattel não ligou a mínima pra isso…

Por volta de 1996 eu já comecei a ficar decepcionado porquê a Estrela deixou de ser uma fabricante de brinquedos para ser uma mera importadora (e olha que aos 20 anos eu nem era mais cliente deles…). E agora, nem isso: a Mattel, uma de suas fornecedoras, já compete há alguns anos com a própria Estrela, também importando as baghassas.

Da China também sairão as primeiras animações comerciais da TV brasileira, isto é, as primeiras séries animadas feitas nos mesmos moldes dos países estrangeiros, planejadas aqui no Brasil e animadas adivinha aonde? Na China, of course (ou melhor: 中国, 当然!, segundo o Babelfish.) A Rosalyn e sua turma (um dos projetos da minha vida), caso algum dia cheguem lá, talvez sejam uma série entre milhares, mas tudo bem. Este é o Brasil, minha gente. Ou melhor: era! Não sei se daqui a uns 20 anos, o pãozinho da padaria da esquina também será chinês. E ainda falam em BRIC. Não sei o que o Brasil tem a ver com essas três superpotências…

EDIT: A respeito do segundo assunto, em 2009 até agora nenhuma animação sino-brasileira está no ar. Fala-se no desenho Turma da Mônica Jovem (variante da turma lançada em 2009) ser produzido por lá, mas até agora, nada.




VOCÊ CONHECE A FITA VHS “AS GAFES DA GLOBO EM 84”?

Conhece? Tem? Sabe quem tem? Já viu? Clique aqui.

Igor C. Barros Cartoons, o Blog

Feliz 2013! Este é o nosso blog secundário, porquê atendemos atualmente no Tumblr. Só que a compra do Tumblr pelo Yahoo! fez muita gente espontaneamente criar blogs da Wordpress. Seja como for, este blog está semi-de volta, só que diferente, despolitizado, mais maduro, mais velho, mais gordo, com menos cabelos, MAS com os mesmos sonhos:
"Fazer séries de desenho animado em grandes pólos produtores (EUA, Canadá, Japão, Filipinas, México) para que elas, com a máxima qualidade, possam também estar no Brasil, misturando-se às séries que vem do exterior, sem submeter-se aos ditames que regeriam o roteiro de um produto 100% nacional."
"Produzir músicas e/ou podcasts com qualidade equivalente a dos grandes estúdios para download ou streaming na Internet."

A Salt Cover? Desde 2010 ela é composta de mais pessoas além de mim, e atende em www.saltcover.com.br! Está sendo um tanto maltratada pelos nossos trabalhos na vida real, que sustentam o leitinho das crianças, mas está aí, e não morre quem peleia!

Crianças, que dia é hoje? 5:60!

setembro 2017
D S T Q Q S S
« jul    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivos Mort… digo, vivos (afinal, estamos na Wordpress)

As últimas do Twitter

  • Apóie os nossos canais no YouTube! Agora com recompensas e metas redefinidas. Veja em apoia.se/igorcbarros 1 day ago
  • Não entendi. Hj, aproveitando uma brecha no serviço, fui na 25 de março, mas não consegui comprar nada! Mando esse relato pro Assombrado?... 1 day ago
  • Cara, o fundo do poço tem dois subsolos e estou no terceiro !!!!!! 1 day ago
  • RT @akikasago_1031: ブロックの塊からの変化が甚だしい https://t.co/3mmLBYFPzm 1 day ago
  • Esta semana estamos tendo um trabalho a mais cuja deadline é anterior a dos outros, por isso sumimos de novo das redes sociais :/ 1 day ago

Tá com dinheiro sobrando?

Sabe uma coisa que você pode fazer com ele? Doar para o Criança Esperança. Não é piada: pela Internet, você pode doar 24 horas e 365 dias por ano!!! E sem o Aragão te enchendo os pacovás! Duvida? Clique aqui!!

Este blog não é o seu genro, mas é bem visitado

  • 199,908 pessoas nos visitaram e filaram a bóia

ATENÇÃO À DATA DA POSTAGEM

Este blog tem textos escritos desde 2004, e muitos dos links deles ou até mesmo suas informações podem não ser mais válidas.
Eu sei que infelizmente você veio aqui justamente por causa disso, é o Gôógle que é sem noção mesmo. Aproveite que você está aqui, clique no banner lá em cima e veja os posts mais recentes!

Só pra constar, viu

Agora aqui na WP, na página Míusiqui, as músicas que embalaram uma geração, pra você e todo mundo cantar junto! Essas e muitas outras você só ouve na Rádio Salt Cover, mesmo porquê a rádio clandestina da sua quebrada tem um nome a zelar.
Em breve, confira também o nosso perfil no DeviantArt, onde você finalmente vai entender porquê este blog se chama Igor C. Barros Cartoons...