Posts Tagged ‘Cebolinha TV

07
fev
09

Por essa eu não espelava

Aqui neste blog você já conheceu a história da Cebolinha TV, a inphâmia criada por mim, baseada y bagana nos personagens imortais – ou highlanders, melhor dizendo – do Super Saia Jeans Maurício de Sosa, irmão da Mercedes.

Mas daí a mangás começarem a pegar carona nisso já é um pouco demais… E não estou falando da Turma da Mônica Jovem (Pan 2), tão pouco da Turma da Rosalyn bêibe. Eu falei que o post seguinte ia ser melhor, hein?… Háááá

26
mar
08

Explicações: O que é Cebolinha TV

Logo da Cebolinha TV. Notem os cantos arredondados...Eu tinha 12 anos na época, e achei curioso que na obra Enciclopédia do Escoteiro-Mirim (Editora Nova Cultural, 1985 – compilação de diversos “manuais Disney” dos anos 70 e 80) havia menções à uma certa Rede Patinhas de Televisão, que eu só vi uma única vez em HQs, e ainda por cima era uma fora dos padrões, feita em algum país europeu… Mas era interessante imaginar o Tio Patinhas, detentor de poder econômico, também como detentor de poder ideológico, e ainda por cima com mídia cruzada (já que ele tem um jornal, este muito mais conhecido, “A Patada”).
Isso ficou na minha cabeça. Tentava desenhar os principais personagens Disney (da “Disney Quadrinhos”, os desenhos animados como A Pequena Sereia ainda estavam longe…) sem conseguir, é claro. E desisti: parti para a Turma da Mônica – tambem tudo fora do contexto, qualidade zero, enfim, não serviria para ser roteirista de nenhum dos dois. Aí, certo dia, em 1991, inventei uma história em que Cebolinha fazia uma transmissão clandestina de televisão, com filmadoras VHS, para tapear a Mônica. Nascia aí a avó da Salt Cover: a Cebolinha TV. Com logo e tudo, que vocês vêem aqui executado de forma prophissional (esse formato, atualmente, poderia remeter mais à maconha do que ao cabelo do Cebolinha…). A frequência – 69 UHF – foi inventada por mim, e, que eu saiba, nunca foi usada no Brasil, mas será ocupada na vida real pela TV digital. Isso baseado, talvez, na TV Jovem Pan 16 UHF, que eu assistia pra caramba na época.
Essa brincadeira durou até 1993, quando personagens criados por mim dominaram 100% das histórias. E Cebolinha TV já imitava a Globo em sua diagramação visual!! Nessa época eu já tentava desenhar aquelas letras com cantos arredondados, que mais tarde se tornariam a fonte Rede Rounded. A fase seguinte, com a TPR – Transmissoras Privadas (ou Piratas) Reunidas – é bem mais sem graça do que essa primeira fase, é tipo uma telenovela, cheia de personagens com características próprias e que vocês não conhecem nada. Até que esses personagens somem do mapa em 2000, dando lugar definitivamente à turma da Rosalyn, que trabalha em televisão, mas aí é outra coisa totalmente diferente.
A “Televisão Salt Cover” que vocês conhecem nunca foi abordada em HQs, ela sempre aconteceu de forma, digamos, eletrônica, primeiro com o Mario Paint em 1994, a partir de 1995 com câmeras de vídeo e posteriormente, com programas de edição e efeitos visuais. Se a MSP quiser aproveitar essa idéia, estejam à la vontê, afinal, como diria o Capitão Planeta, “o Cebolinha é de vocês!” Bem, só o Cebolinha, porquê nos primeiros anos, um dos apresentadores da Cebolinha TV era Bart Simpson

24
mar
08

Uma Salt Cover da vida real?…

Luan Borges, do Blog Internacional (Perderam, preibóis!) escreveu sobre a emissora TV Brasil, uma rede de TV inaugurada em um longínquo… 2007. Bem, olha só o logotipo dessa emissora, no site oficial deles.
Logotipo da TV Brasil
Eu diria que tem influências não só da Globo, mas até da Salt Cover, porquê a maioria absoluta das vinhetas que eu fiz satirizam a época de 1986 até 1992, quando o símbolo da Rede Globo era em um metalizado fosco, que é como esse símbolo aí.
[EDIT: Esse símbolo é uma arte vetorial em 2D, não é computação gráfica! Mas até que está bem feito, mesmo assim.]

O mais curioso é a programação, que atira na direção oposta de suas ‘hermanas’ de UHF (com a fórmula Polishop+igrejas+noticiário de meia horinha), com seriados – inclusive daqueles “clássicos”, até mesmo em preto e branco. Eles dizem que vão passar o Pica-Pau, também! É, aí não é bem a Salt Cover da vida real, eu colocaria séries e desenhos de outras décadas mais próximas… Se bem que a TV Brasil exibe uma série com um pouco mais de 10 anos, Lois & Clark, e prometem também a série Cavaleiros do Zodíaco!!!
A programação é tão caprichada que, na grade do site, até diz o nome do episódio das séries que vão ser exibidas!!!
Detalhe: aparentemente, é tudo nos conformes, sem ser como a Ulbra TV, do Rio Grande do Sul, que exibe DVDs comerciais na TV (aí não é a Salt Cover, é a “Cebolinha TV” da vida real… Entenda esta história em breve.)
A TV Brasil tem, curiosamente, um programa herdado da extinta TV JB (e que espero, não esteja esperando a TV Brasil na próxima curva), o programa Nei e Nani (não confundir com Lilo & Stitch XD)

A TV Brasil, nesse segmento, pode ser considerada a maior rival da NGT, outra emissora desconhecida (sobre a qual eu já falei nos blogs), mas que aposta em uma programação variada como as da TV aberta, só que com a “mente aberta”… A NGT exibia, que eu saiba, o desprestigiado desenho sino-canadense Sorriso Metálico, que nem na Globo teve chance direito.

Enfim, dá-lhe Brasil! Em São Paulo, a TV Brasil está nos canais 45 e 59 UHF, e no canal 14 da Vivax.
[EDIT: Atenção! Já que neste blog os posts retroativos dão mais audiência que os últimos, é o seguinte. Sabe esse lance de igrejas+polishop? Pois é, em breve só vai faltar a Polishop. Soube disso por fontes pivrilegiadras!! Em breeeeve mais informacçães! ]




VOCÊ CONHECE A FITA VHS “AS GAFES DA GLOBO EM 84”?

Conhece? Tem? Sabe quem tem? Já viu? Clique aqui.

Igor C. Barros Cartoons, o Blog

Feliz 2013! Este é o nosso blog secundário, porquê atendemos atualmente no Tumblr. Só que a compra do Tumblr pelo Yahoo! fez muita gente espontaneamente criar blogs da Wordpress. Seja como for, este blog está semi-de volta, só que diferente, despolitizado, mais maduro, mais velho, mais gordo, com menos cabelos, MAS com os mesmos sonhos:
"Fazer séries de desenho animado em grandes pólos produtores (EUA, Canadá, Japão, Filipinas, México) para que elas, com a máxima qualidade, possam também estar no Brasil, misturando-se às séries que vem do exterior, sem submeter-se aos ditames que regeriam o roteiro de um produto 100% nacional."
"Produzir músicas e/ou podcasts com qualidade equivalente a dos grandes estúdios para download ou streaming na Internet."

A Salt Cover? Desde 2010 ela é composta de mais pessoas além de mim, e atende em www.saltcover.com.br! Está sendo um tanto maltratada pelos nossos trabalhos na vida real, que sustentam o leitinho das crianças, mas está aí, e não morre quem peleia!

Crianças, que dia é hoje? 5:60!

abril 2017
D S T Q Q S S
« jul    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Arquivos Mort… digo, vivos (afinal, estamos na Wordpress)

As últimas do Twitter

Tá com dinheiro sobrando?

Sabe uma coisa que você pode fazer com ele? Doar para o Criança Esperança. Não é piada: pela Internet, você pode doar 24 horas e 365 dias por ano!!! E sem o Aragão te enchendo os pacovás! Duvida? Clique aqui!!

Este blog não é o seu genro, mas é bem visitado

  • 195,207 pessoas nos visitaram e filaram a bóia

ATENÇÃO À DATA DA POSTAGEM

Este blog tem textos escritos desde 2004, e muitos dos links deles ou até mesmo suas informações podem não ser mais válidas.
Eu sei que infelizmente você veio aqui justamente por causa disso, é o Gôógle que é sem noção mesmo. Aproveite que você está aqui, clique no banner lá em cima e veja os posts mais recentes!

Só pra constar, viu

Agora aqui na WP, na página Míusiqui, as músicas que embalaram uma geração, pra você e todo mundo cantar junto! Essas e muitas outras você só ouve na Rádio Salt Cover, mesmo porquê a rádio clandestina da sua quebrada tem um nome a zelar.
Em breve, confira também o nosso perfil no DeviantArt, onde você finalmente vai entender porquê este blog se chama Igor C. Barros Cartoons...