Posts Tagged ‘Mega Powers

29
out
08

Vida Real: Salvo pelo PETG !

Calma, não é nenhum partido novo!…
Estava eu saindo para o serviço quando minha mãe resolve pagar uma conta no banco, mas no caixa. O problema é que, nessas minhas idas e vindas para o serviço, eu levo e trago um hard disk externo de 500 Gb, um pequeno “tijolo de aço”, em uma sacola de tecido. E fui barrado na porta giratória do banco.
Aí, já meio aborrecido, pois tinha que estar no serviço dali a algum tempo, pus a sacola e tudo naquele espaço no qual as pessoas deixam chaveiros… mas o segurança exclamou no sistema de som: “Tira a mochila!”. A sacola que eu usei abarrotou totalmente a gaveta, e não fosse um pequeno detalhe, quem sabe eu estaria em alguma delegacia.
A parte da frente daquela gaveta era feita de PETG (veja aqui outra matéria). Eu já vinha pesquisando esse assunto há algum tempo, porquê algum dia, quando reunirem-se as condições necessárias (como eu achar um louco que trabalhe com torno mecânico e vacuum forming), tenho grandes idéias para esse material (super sentais, mechas, e o escambal…). O que eu não esperava é que eu iria conhecê-lo pessoalmente, e do pior jeito possível.
Se a chapa que fazia a parte da frente da gaveta fosse de acrílico, o esforço que eu fiz para tirar a sacola iria quebrar aquilo. Só notei que era de PETG porquê a chapa se curvou mais de 4 centímetros sem quebrar. Esse é o material de que são feitas as phamosas garrafas de refrigerante recicláveis, além das melhores embalagens de outros tipos de produtos, como xampus. E consegui entrar no maledetto do banco.

Eu falei de super sentais. Há muito tempo eu deduzi que as armaduras dos heróis japoneses da TV só seriam possívels (com aquele nível de brilho e relativa resistência) se fossem feitas como uma bolha, isto é, um plástico transparente e pintado por dentro – isso é comum em aeromodelismo e carros de controle remoto. O surgimento do PETG deve ter facilitado muito isso, porquê é um material muito mais fácil de fazer a termoformagem, o processo que gera as “bolhas”, e com esse material não tem tempo ruim, operações que não são possíveis no acrílico, são perfeitamente possíveis no PETG, como furar, pregar e lixar a superfície. PENA que eu não estou tendo mais tempo pra mim, nesta vida, porquê já pretendia até mesmo tentar processos de termoformagem caseira, usando forno de fogão, afinal já tenho 3 prováveis phornecedores que provavelmente não vão perguntar o meu CNPJ (veja aqui sobre o uso, digamos, “não-profissional” do PETG em casemod). E, muito provavelmente, foi com esse espírito de “uma idéia na cabeça e uma máquina de vacuum forming na mão” que as produtoras Mesa de Luz e Rede Vida fizeram, respectivamente, suas séries Mega Powers e Tsebayoth.

16
fev
08

Descobrimos quem produz os Mega Powers

Nem me lembro se foi neste ou em outro blog da rede (tem uns blogs meio parados, ultimamente), mas como vocês se recuerdam, a produtora Vídeo Brinquedo alcançou a fama fazendo longa-metragens “genéricos” de computação gráfica – “Os Carrinhos” chegou a ser o DVD mais vendido do Brasil em 2006. Outros rrenéricos da produtora são Gladiformers [acaba de sair Gladiformers 2] Abelhinhas e Ratatoing – este último se passa no Rio de Janeiro!…

E eles começaram a vender sua primeira produção com atores: o çuper çemtai Mega Powers. É uma espécie de Páuer Rênjers brasileiro. Quem seriam esses atores, faço a menor idéia… Mega Powers pode ser considerado o super sentai mais profissional já feito no Brasil – super sentai, porquê tem o Defender, que é metal hero e é bem feito pra caramba, mesmo sendo amador.

E muitos se perguntaram quem estaria por trás dessa produção. Bem, eu descobri, por um tremendo acaso, procurando pelo móvel de trabalho que é o nome da produtora em questão.
A Vídeo Brinquedo, ao contrário do que se imaginava, não produz a série, só a distribui. Mega Powers é da produtora Mesa de Luz, do Rio de Janeiro, um estúdio de design, fotografia (com clientes até importantes, como a Vivo), animação e agora, essa produção com atores, que não vem sendo muito querida pela galera que cresceu vendo Pobrer Rênjers e principalmente pelos futuros tiozinhos como djô, que cresceram vendo Jaspion e Changeman (minto, na minha época era o Spectreman!!)

A “Mesa” também produz animação, e das boas, como a série Amazon Warriors, da RJR produções, ainda em desenvolvimento, criada por Ronaldo Barcelos. Essa parte está em branco no site da produtora, mas no link está o site oficial do projeto, com um viés MUITO mais intelectual e educativo do que os Mega Powers.  [UPDATE: http://www.guerreirosdamazonia.com.br]
Agora você já sabe who parited Matthew and it’s embaling it !! Balança, meu filho!!
Engraçado, eu queria algum dia entender porque o grosso da produção de animação no Brasil se concentra no Rio de Janeiro, São Paulo deve ter 1/3 das empresas e profissionais que tem no Rio. Dá-lhe ponte aérea.

[EDIT: Recentemente achei produções da Vídeo Brinquedo como brinde em embalagens de doces, algum primo distante do Dan-Top. Mas isso não quer dizer nada, a produtora prima rica da Salt Cover segue em frente e já lançou também produções em 2D, como Escola de Princesinhas, e até coisas 130% originais, como BR Futebol.]




VOCÊ CONHECE A FITA VHS “AS GAFES DA GLOBO EM 84”?

Conhece? Tem? Sabe quem tem? Já viu? Clique aqui.

Igor C. Barros Cartoons, o Blog

Feliz 2013! Este é o nosso blog secundário, porquê atendemos atualmente no Tumblr. Só que a compra do Tumblr pelo Yahoo! fez muita gente espontaneamente criar blogs da Wordpress. Seja como for, este blog está semi-de volta, só que diferente, despolitizado, mais maduro, mais velho, mais gordo, com menos cabelos, MAS com os mesmos sonhos:
"Fazer séries de desenho animado em grandes pólos produtores (EUA, Canadá, Japão, Filipinas, México) para que elas, com a máxima qualidade, possam também estar no Brasil, misturando-se às séries que vem do exterior, sem submeter-se aos ditames que regeriam o roteiro de um produto 100% nacional."
"Produzir músicas e/ou podcasts com qualidade equivalente a dos grandes estúdios para download ou streaming na Internet."

A Salt Cover? Desde 2010 ela é composta de mais pessoas além de mim, e atende em www.saltcover.com.br! Está sendo um tanto maltratada pelos nossos trabalhos na vida real, que sustentam o leitinho das crianças, mas está aí, e não morre quem peleia!

Crianças, que dia é hoje? 5:60!

março 2017
D S T Q Q S S
« jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Arquivos Mort… digo, vivos (afinal, estamos na Wordpress)

As últimas do Twitter

Tá com dinheiro sobrando?

Sabe uma coisa que você pode fazer com ele? Doar para o Criança Esperança. Não é piada: pela Internet, você pode doar 24 horas e 365 dias por ano!!! E sem o Aragão te enchendo os pacovás! Duvida? Clique aqui!!

Este blog não é o seu genro, mas é bem visitado

  • 194,053 pessoas nos visitaram e filaram a bóia

ATENÇÃO À DATA DA POSTAGEM

Este blog tem textos escritos desde 2004, e muitos dos links deles ou até mesmo suas informações podem não ser mais válidas.
Eu sei que infelizmente você veio aqui justamente por causa disso, é o Gôógle que é sem noção mesmo. Aproveite que você está aqui, clique no banner lá em cima e veja os posts mais recentes!

Só pra constar, viu

Agora aqui na WP, na página Míusiqui, as músicas que embalaram uma geração, pra você e todo mundo cantar junto! Essas e muitas outras você só ouve na Rádio Salt Cover, mesmo porquê a rádio clandestina da sua quebrada tem um nome a zelar.
Em breve, confira também o nosso perfil no DeviantArt, onde você finalmente vai entender porquê este blog se chama Igor C. Barros Cartoons...