Posts Tagged ‘televisão

11
out
09

Vai aqui mesmo [2]

Nas últimas horas eu fiz 5 postagens no SodTV!. Chega, né? Este blog está à las muescas. Vamos a algumas curtas de televisão aqui mesmo:
– Agora é pra valer. O Preço Certo, Record Version, estreia (estrèia? Estrëia? Aseilá!) este mês na Record. Será que pode ser tão bom quanto o original?… (já cansei de fazer essa pergunta, o original eu já vi, eu quero mesmo é ver a baghassa no ar.)
– O SPTV 1a. edição de hoje foi transmitido com Chico Pinheiro no chroma key, ‘engessado’ em duas câmeras (comparado com a movimentação que se tem normalmente) e sem aparecer a mesa. Curioso…
Lembrando que há mais de 10 anos existe tecnologia para fazer fundos de chroma key mudarem junto com as imagens da frente, os programas da TV Jovem Pan em 1990 já eram assim. Claro, mudarem sem as câmeras se mexerem, à la Turma do Didi, aí é outra história.
Pelo menos não era como o SPTV da velha guarda (1983-1989), com… 1 câmera no estúdio. O RJTV também era assim. E pensa que o pessoal deixava de ver por causa disso?…
Enquanto isso, o SBT fazia o Cidade 4, que tinha um estúdio completo, com cenário, vários apresentadores, vários ambientes e o escambau (claro, só menos do que o Aqui Agora versão Vila Guilherme, com seus 7 apresentadores em 5 fundos diferentes mais o cenário do Feliz.) Tem coisas que não me entram na cabeça… Só o São Paulo Já (1990-1995)mudaria essa pobreza no jornalismo do Channel Five.

QUÉ ISSO?! Não costumo comentar a respeito de atores de novelas, porquê novelas assisto poucas (já assisti muito) e não entendo muito desse meio. Mas isso me chamou a atenção, segundo Regina Rito, três atrizes estão indo para o SBT fazer Uma rosa com amor, no remake de Tiago Santiago. E são três que já bombaram em telas globais há algum tempo: Carla Marins (é difícil de esquecer O Besouro e a Rosa, que até no colégio passaram pra gente assistir…), Lúcia Alves (esta eu não conhecia de nome, mas já acompanhei trabalhos dela, como Tropicaliente) e Betty Faria (quase dispensa apresentacções, embora esta também tenha passagens pela Band). Elas estavam quase no mesmo degrau do Fernando Vanucci, que estava virando sinônimo de Globo até sair de lá… Não é um pessoal qualquer não, portanto, essas aí tem trajetória no setor.

– A mesa de luz já está entre nós! Aêêêê… Agora falta o mais importante, continuar a desenhar, com a cara e com a coragem, mesmo que alguns ventos continuem a soprar contra. A cada dia acho mais artistas que me desesperam (minto, nenhum me desespera mais do que a Spunkywulf) cujos links em breve estarão no blog Personagens & Cia, que já já está virando a Porta dos Desesperantes, te cuida, Mallandro!… E que Deus nos dê a graça de posts melhores.

Anúncios
24
ago
09

O Brasil não sabe votar…

Bem, agora que Dado Dolabella foi eleito Presidente da República, voltamos à nossa programação normal! Quero só ver o que a Record vai colocar no lugar pra dar tanta audiência quanto essa Fazenda, que, no final das contas, se saiu uma quase Casa dos Artistas I. Afinal, na Casa I, a qualidade da imagem era inferior a da edição seguinte, mas essa fez mais sucesso. E Supla, de esquecido ídolo dos anos 80, voltou à ativa e se tornou mais famoso do que antes. Talvez o mesmo aconteça à Dado (que inclusive dá suas cantadas), que até então nunca foi “aquele mega-super-star”, mas agora, com uma emissora inteira nas costas… Enfim, te cuida, João Gordo!
Aliás, taí, será que DD também vai se pronunciar a phavor da direção da casa, assim como Celso Freitas, Ana Paula Padrão e outros? Ah, isso eu queria ver.

A propósito – e aqui vai munição para um monte de gente que tem por aí. Ontem, domingo, é meu dia de trabalho pesado. Eu e outras pessoas vamos de carro, e o colocamos em um estacionamento, no qual está um televisor. Geralmente esse televisor, aos domingos, ficava na Fórmula 1 da Globo, por exemplo, ou no Faustão, no Fantástico, etc. Mas ontem, quando chegamos e quando saímos, o dia inteiro, o cara estava assistindo a Record, de manhã, de tarde e de noite! Pensei até se o manobrista de repente não era um daqueles que ficam comentando em blogs como o Canal 1 ou o Todo Canal, que não perdiam um episódio dos mutantes, sei lá…
Queria prestar mais atenção nos bares pelos quais passo por aí. Em 1998 me chamou a atenção que, procurando por uma empresa que havia me oferecido trabalho no bairro do Jabaquara, um lugar que eu não conhecia até então, passei por uns 5 bares e em todos eles, televisores ligados no SBT. Será que hoje esse pessoal acorda com o SP Record?…

E, ah sim, aquilo que vocês já estavam imaginando vai acontecer. A programação inteira da semana na Record o pessoal só vai ficar em cima do Dado Dolabella, da Dani Carlos, dos pais de ambos, talvez ocasionalmente falar do Carlinhos, e dá-lhe passarela da Record. E assim vamos indo, sei lá pra onde.  Este é mais um post televisivo aqui. No SodTV!, veja logo mais o que aconteceu no Pânico na TV deste domingo.

12
ago
09

Vai aqui mesmo!

sbtEstou cansado de postar 17,5 posts no SodTV! e nenhum aqui. O SBT, oficialmente, já é “a TV mais feliz do Brasil”, com vídeo promocional e tudo. Só faltava um daqueles jingles da NBC ou da ABC pra acompanhar, mas, milagre, parece que desta vez não tem… Se bem que no vídeo, um velho vício SBTiano acontece, o de enquadrar a cabeça das pessoas no centro da tela.

Aliás, vamos relembrar aqui alguns momentos raríssimos, mas que aconteceram, às vezes em que a Globo se lembrou que o SBT existia e tirou sarro do SBT. A maioria das paródias foi barrada por Boni, quando era diretor da Globo, mas muitas delas foram ao ar assim mesmo…

– Na TV Pirata, em 1987, um bloco inteiro foi dedicado ao Sistema Vagabundo de Televisão, com o slogan Quem Procura Abacaxi, e uma [per]versão da Praça é Nossa, que havia estreado naquele ano. A TV Pirata tem meio que fixação pela Praça, pois eles parodiariam ela mais uma vez ainda em 1992, como “O Pracinha da Alegria”, uma versão do programa passada durante a Segunda Guerra Mundial, inclusive alguns personagens são repetidos do quadro de  seis anos antes. E no último dos especiais mensais de 92, com o tema faroeste, há várias referências ao SBT, como os vilões serem apresentados ao som da música “É coisa nossa” e o saloon deles se chamar… Roletrando (programa que na época era diário, com Silvio Santos mesmo, e estava bombando)

– A TV Colosso, em um episódio de 1995, mostrou que Capachão (aquele que era puxa-saco do diretor da emissora, lembrou?) teria recebido uma proposta do… sei lá, “SBT”, e teria saído da TV em epígrafe. Detalhe: a emissora concorrente só transmite em preto e branco! Mas está claro que é o SBT, porquê seu principal telejornal tem um TJ no cenário, remetendo ao TJ Brasil, e Capachão é entrevistado por uma espécie de Hebe.

– O Casseta & Planeta, em 1998, fez o Programa do Elefantinho, com Bussunda no papel-título e a participação especial de Suzana Vieira como a “vítima” que pede o exame de DNA e outras coisas. Nessa época, Ratinho já estava no SBT… e Boni havia recém-saído da Globo, críticos de televisão diriam que ele iria barrar essa referência ao Ratinho. E em 1999, um quadro satirizava uma garotinha da novela Suave Veneno, dizendo que ela havia ganho um campeonato mundial de chatice. No segundo lugar estavam as… Chiquititas, com música e tudo!

Boni está dizendo que o tempo dele como diretor de emissoras já era. Então, se preparem, que vem mais por aí… Y ustedes, se lembram de algo mais?… Voltamos à programação normal, e que os próximos posts sejam melhores.

24
out
08

Símbolo da Rede Globo, de novo outra vez

Curiosidade curiosíssima: nestes últimos dias os paulistas estão podendo ver quando a programação da Rede Globo está sendo gerada de São Paulo, e quando não está.
O selo em alto-relevo da Rede Globo São Paulo tem um relevo mais “redondo” e a iluminação vem de baixo pra cima – algo bem original, inclusive.
Já o selo da Globo Rio é o mesmo de antes, com um relevo mais raso e duro. Tentei reproduzir as duas situações aí do lado.

O selo com a luz de baixo pra cima aparece em programas locais (SPTV) e gerados de São Paulo para todo o Brasil (como o Jornal Hoje). E o símbolo mais convencional aparece no JN, novelas e sessões de filmes. Se de repente rolar alguma Sessão de Sábado nos próximos finais de semana, vai dar pra sacar logo de cara… (esse programa é transmitido em cima de jogos de futebol que não podem ser transmitidos, e quando não tem nenhum outro jogo que possa ocupar o lugar.) O curioso é essa diferença estar acontecendo. Falta alguém mandar o TGA ou o PNG por e-mail lá pro Rio de Janeiro, sei lá…

Inexplicavelmente, este é um dos assuntos mais buscados pelos quais as pessoas chegam à este blog, que fala sobre trocentas coisas além disso. Então, pessoal do Jardim Botânico e do Projac, alegrem-se, porquê essa galera não comenta sobre as vinhetas da Record!…

O horário ingrato desta postagem é porquê eu estou passando por uma fase difícil da minha vida, praticamente uma fase do Super Mario 2 japonês. Rogai por mim, irmãos. E primos, também…

13
jun
08

Você consegue assistir a NGT?

A NGT, em São Paulo, é o canal 48 UHF, e eles juram de pés juntos que tem mais uma pá de retransmissoras em todo o Brasil. O que é chato é que eles estão ausentes de todas as operadoras de TV a cabo. Continue lendo ‘Você consegue assistir a NGT?’

24
mar
08

Uma Salt Cover da vida real?…

Luan Borges, do Blog Internacional (Perderam, preibóis!) escreveu sobre a emissora TV Brasil, uma rede de TV inaugurada em um longínquo… 2007. Bem, olha só o logotipo dessa emissora, no site oficial deles.
Logotipo da TV Brasil
Eu diria que tem influências não só da Globo, mas até da Salt Cover, porquê a maioria absoluta das vinhetas que eu fiz satirizam a época de 1986 até 1992, quando o símbolo da Rede Globo era em um metalizado fosco, que é como esse símbolo aí.
[EDIT: Esse símbolo é uma arte vetorial em 2D, não é computação gráfica! Mas até que está bem feito, mesmo assim.]

O mais curioso é a programação, que atira na direção oposta de suas ‘hermanas’ de UHF (com a fórmula Polishop+igrejas+noticiário de meia horinha), com seriados – inclusive daqueles “clássicos”, até mesmo em preto e branco. Eles dizem que vão passar o Pica-Pau, também! É, aí não é bem a Salt Cover da vida real, eu colocaria séries e desenhos de outras décadas mais próximas… Se bem que a TV Brasil exibe uma série com um pouco mais de 10 anos, Lois & Clark, e prometem também a série Cavaleiros do Zodíaco!!!
A programação é tão caprichada que, na grade do site, até diz o nome do episódio das séries que vão ser exibidas!!!
Detalhe: aparentemente, é tudo nos conformes, sem ser como a Ulbra TV, do Rio Grande do Sul, que exibe DVDs comerciais na TV (aí não é a Salt Cover, é a “Cebolinha TV” da vida real… Entenda esta história em breve.)
A TV Brasil tem, curiosamente, um programa herdado da extinta TV JB (e que espero, não esteja esperando a TV Brasil na próxima curva), o programa Nei e Nani (não confundir com Lilo & Stitch XD)

A TV Brasil, nesse segmento, pode ser considerada a maior rival da NGT, outra emissora desconhecida (sobre a qual eu já falei nos blogs), mas que aposta em uma programação variada como as da TV aberta, só que com a “mente aberta”… A NGT exibia, que eu saiba, o desprestigiado desenho sino-canadense Sorriso Metálico, que nem na Globo teve chance direito.

Enfim, dá-lhe Brasil! Em São Paulo, a TV Brasil está nos canais 45 e 59 UHF, e no canal 14 da Vivax.
[EDIT: Atenção! Já que neste blog os posts retroativos dão mais audiência que os últimos, é o seguinte. Sabe esse lance de igrejas+polishop? Pois é, em breve só vai faltar a Polishop. Soube disso por fontes pivrilegiadras!! Em breeeeve mais informacçães! ]




VOCÊ CONHECE A FITA VHS “AS GAFES DA GLOBO EM 84”?

Conhece? Tem? Sabe quem tem? Já viu? Clique aqui.

Igor C. Barros Cartoons, o Blog

Feliz 2013! Este é o nosso blog secundário, porquê atendemos atualmente no Tumblr. Só que a compra do Tumblr pelo Yahoo! fez muita gente espontaneamente criar blogs da Wordpress. Seja como for, este blog está semi-de volta, só que diferente, despolitizado, mais maduro, mais velho, mais gordo, com menos cabelos, MAS com os mesmos sonhos:
"Fazer séries de desenho animado em grandes pólos produtores (EUA, Canadá, Japão, Filipinas, México) para que elas, com a máxima qualidade, possam também estar no Brasil, misturando-se às séries que vem do exterior, sem submeter-se aos ditames que regeriam o roteiro de um produto 100% nacional."
"Produzir músicas e/ou podcasts com qualidade equivalente a dos grandes estúdios para download ou streaming na Internet."

A Salt Cover? Desde 2010 ela é composta de mais pessoas além de mim, e atende em www.saltcover.com.br! Está sendo um tanto maltratada pelos nossos trabalhos na vida real, que sustentam o leitinho das crianças, mas está aí, e não morre quem peleia!

Crianças, que dia é hoje? 5:60!

dezembro 2017
D S T Q Q S S
« jul    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos Mort… digo, vivos (afinal, estamos na Wordpress)

As últimas do Twitter

Tá com dinheiro sobrando?

Sabe uma coisa que você pode fazer com ele? Doar para o Criança Esperança. Não é piada: pela Internet, você pode doar 24 horas e 365 dias por ano!!! E sem o Aragão te enchendo os pacovás! Duvida? Clique aqui!!

Este blog não é o seu genro, mas é bem visitado

  • 202,355 pessoas nos visitaram e filaram a bóia

ATENÇÃO À DATA DA POSTAGEM

Este blog tem textos escritos desde 2004, e muitos dos links deles ou até mesmo suas informações podem não ser mais válidas.
Eu sei que infelizmente você veio aqui justamente por causa disso, é o Gôógle que é sem noção mesmo. Aproveite que você está aqui, clique no banner lá em cima e veja os posts mais recentes!

Só pra constar, viu

Agora aqui na WP, na página Míusiqui, as músicas que embalaram uma geração, pra você e todo mundo cantar junto! Essas e muitas outras você só ouve na Rádio Salt Cover, mesmo porquê a rádio clandestina da sua quebrada tem um nome a zelar.
Em breve, confira também o nosso perfil no DeviantArt, onde você finalmente vai entender porquê este blog se chama Igor C. Barros Cartoons...